Em memória.

Gosto muito do que a Irina escreve. Partilho este poema magnífico.

Of Heart and Soul

Pelo tempo que me cá encontrar

vou-te recordar

como ciclo da celebração

de teus ensinamentos

partilha de momentos.

Eu tenho a sorte

de te ter conhecido

e partilhado os teus momentos

de melhor reflexão.

Minha lenda faz um ano,

que a saudade e tua falta me marca o coração.

E neste mesmo dia,

em que outra pessoa

que me traz alegria

celebra mais um ano.

A ironia da vida,

como a mesma data

pode marcar o nascer e o fim

é o ciclo

pelo ser

a aprender

todos os dias a viver,

a aprender

a ser.

A ambas as memórias.

Fotografia Laura Fuhrman no Unsplash

Voir l’article original

16 commentaires sur « Em memória. »

  1. Filipa, nem sei como lhe agradecer, fico sem palavras, acredite. Esse meu pensamento foi escrito com tanto que me vai no coração, e saber que a Filipa gostou e gosta de mim, é muito mas muito gratificante. Eu, também gosto bastante das suas poesias e reflexões, tocam-me muito, possuem alma, sensação, emoção e fazem pensar e sentir.
    Fico-lhe muito grata, e também partilho o mesmo sentimento, gosto muito de si.
    Um abraço forte e um beijinho. ❤

    Aimé par 1 personne

      1. Sim Filipa, tento escrever sem filtros. Às vezes releio as minhas publicações e fico insegura porque fico com receio de quem me está a ler se sentir ofendido. Creio que todos temos muito cá dentro, todos nós, cada um têm histórias e vivências para contar e todas elas são importantes de ser lidas e ouvidas. A minha, é só mais uma.
        Fiquei feliz por me dizer que gostaria de me conhecer, será um gosto mútuo. Aguardarei que tudo isto passe e que cá venha e sim, tomamos um café ou outra coisa. Um abraço forte e carinhoso para si. ❤

        Aimé par 1 personne

        1. Irina, identifico-me com as suas palavras. Hesitei muito antes de me lançar no blog. Ao fim de tantos anos, decidi fazê-lo e dou por mim a pensar que mais vale tarde que nunca! Quando esta nuvem cinzenta se for embora, vamos por a conversa em dia, de viva voz! Beijos e abraços.

          Aimé par 1 personne

          1. Tomar a decisão, quando quer que seja, nunca é tarde mas sim, o momento certo. Ainda bem que o lançou, tem proporcionado muitos sentires e pensares. A melhor forma é mesmo exteriorizar todos os momentos, bons, maus, somos nós. A vida é tanta e nunca, nunca é tarde.
            Beijinhos.

            Aimé par 1 personne

Votre commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l’aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion /  Changer )

Photo Google

Vous commentez à l’aide de votre compte Google. Déconnexion /  Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l’aide de votre compte Twitter. Déconnexion /  Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l’aide de votre compte Facebook. Déconnexion /  Changer )

Connexion à %s

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer
%d blogueurs aiment cette page :