…e fiquei a ouvir as ondas do mar…

Photo : Filipa Moreira da Cruz

Deus ao mar o perigo e o abismo deu, mas nele é que espelhou o céu.

Fernando Pessoa

Sentada numa rocha
Ansiando por liberdade
O cenário é mágico
E eu respiro serenidade

Oiço o bater das ondas
O zumzum das abelhas
O corropio das gaivotas
E o assobio do vento

O sol esconde-se
Entre a fina bruma
E o céu veste-se
De um azul intenso

O meu corpo não existe
Sou leve como a alma
Não choro, não sofro, não resisto
Não acordo nem adormeço

Sinto-me a navegar
Atravesso mares e continentes
Sobrevoo as montanhas
Embalada pelas ondas do mar.

Filipa Moreira da Cruz

16 réflexions sur “…e fiquei a ouvir as ondas do mar…

Les commentaires sont fermés.