Reflexos

Quero a delícia de poder sentir as coisas mais simples.

Manuel Bandeira

Reflexos de uma vida
Sofrida, esprimida
Turbilhão de sonhos
Movimentos enfadonhos
Serpentinas de prazer
Para satisfazer os caprichos do ser
Gestos automáticos
Olhares baços, mas francos
Despojos de uma lembrança
A tempestade já virou bonança.

Filipa Moreira da Cruz

Photos : Filipa Moreira da Cruz

9 réflexions sur “Reflexos

Les commentaires sont fermés.