Loving mother

Lately, life has not been kind to her
And yet, she never complains
She struggles in silence
And has always a warm and kind smile
Her body has shrunk
Although her mind is brighter than ever
They both dance on a different rhythm
Sometimes she wishes to let go
Who am I to blame her?
Darkness hours, sleepless nights
She keeps going for the ones who love her
No matter what
She still paints the sky in blue.

Filipa Moreira da Cruz

35 réflexions sur “Loving mother

  1. Lembrei de uma canção do Victor Jara – Te recurso Amanda – que tem um verso lindo e muito sensível: a vida é (e)terna em cinco minutos. É verdade e uma eternidade. Guarda em ti, como ela guarda, esses momentos (e)ternos. Um grande abraço carinhoso e um beijo no coração de vocês todos. Juntos, não esquece.

    Aimé par 1 personne

Les commentaires sont fermés.