Sem ti

Reprise

Sébastien Sabouret

Revejo-me sozinha
Sinto a tua falta
O teu abraço, esse aconchego
Perco o chão, tenho medo
Um silêncio sem ti
Sem álamos
Sem luas
Noites despidas de desejo
Nuas
Submergida num sôfrego
Como se o mundo fosse acabar
Nada muda, nada é igual
Vida sem sonho
Irreal
Não quero ficar sem ti
Porque sem ti não vivo
Apenas existo.

Filipa Moreira da Cruz

Publicité

10 réflexions sur “Sem ti

Les commentaires sont fermés.