Silêncio

Dia Mundial da Terra

Photo : Filipa Moreira da Cruz

Tenho que aprender a ficar calada
A abrir a boca e não dizer nada
Preciso de fazer um esforço
Para que o silêncio seja o meu reforço
Chega de fala barato!
A vida não é sempre desacato
Quero ser luz na escuridão
E saber dizer não
Ouvir duas vezes e falar a metade
É essa a verdadeira liberdade
A natureza tem sempre razão
Mas o ser humano julga-se sabichão
A Terra Mãe põe cada um no seu lugar
E Deus está a cargo de vigiar
Quanto a nós, sejamos apenas gente
E cuidemos do mundo que está doente.

Filipa Moreira da Cruz

Publicité

10 réflexions sur “Silêncio

Les commentaires sont fermés.