Giallo

Amarelo como o solQuente como um dia de VerãoO mundo é um girassolE o que desejo cabe na minha mãoAgradável como galopar ao ventoLivre como o lobo temerosoQue assusta o inimigo apenas com o alentoEste animal é poderoso!Fecha-se uma porta, mas abre-se uma janelaE a esperança volta a crescerPor detrás de uma avenida esconde-se umaLire la suite « Giallo »

Orange dreams

I’ve traveled all over the worldI’ve crossed rivers and seasI’ve climbed high mountainsI’ve slept under the starry skyI’ve painted bridges and erased walls I’ve opened windows and doors I’ve fallen several timesBut I’ve never lost the path. Filipa Moreira da Cruz Photos : Filipa Moreira da Cruz and Paul Laurent Bressin

Vermelhão

Vermelho de raiva ou de vergonhaDe amor ou de paixãoVermelho esquivo e incerto Que desafia o coraçãoVermelho solto e livreDe correrias e contratemposVermelho ousado e provocadorQue entra na dança sem ser convidadoVermelho de mágoa e de rancorLibertino e ousadoVermelho vivo quando estás zangadoPintado a tinta ou a lápisVermelho que à vida dá corE combate aLire la suite « Vermelhão »

Happy birthday mãe!

Hoje a minha mãe faz anos. 67 invernos, primaveras, verões e outonos. Uma inspiração e fonte de amor e de resiliência. Mulher sábia, assertiva, ponderada e extremamente lúcida. Tanto que, às vezes, assusta! Nem esta maldita doença que lhe voltou a invadir o corpo a derrota. Gosto tanto de si mãe! E peço a DeusLire la suite « Happy birthday mãe! »

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer