Jogo cromático

Verde é a minha esperança Num mundo mais justoAzul são os sonhos infinitos No céu que abraça as nuvensVerde é a felicidade de rebolar na relvaNum dia de PrimaveraAzul é o desejo de ternuraComo o mar que embala os barcosVerde é a resiliência necessária Para seguir em frenteAzul é a alma melancólica Nos dias deLire la suite « Jogo cromático »

Giallo

Amarelo como o solQuente como um dia de VerãoO mundo é um girassolE o que desejo cabe na minha mãoAgradável como galopar ao ventoLivre como o lobo temerosoQue assusta o inimigo apenas com o alentoEste animal é poderoso!Fecha-se uma porta, mas abre-se uma janelaE a esperança volta a crescerPor detrás de uma avenida esconde-se umaLire la suite « Giallo »

Animais no parque

O coelho uiva ruidosamenteO lobo come erva lentamenteO papagaio nada energicamenteO cavalo voa suavementeO galo dança alegrementeO veado cacareja distraidamanteA pantera sonha placidamenteO elefante ri descaradamenteSó falta o leão fazer cócegas à formigaO mundo está loucoOs humanos deserteram a cidadeE os animais invadiram o parque. Filipa Moreira da Cruz Photos : Filipa Moreira da Cruz

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer