(In)Gratidão

Ligeira vai pela calçadaEsta moça bem humorada. Não tem tempo a perderPassa a vida a correr. Nunca presta atenção A quem lhe estende a mão. Esmola?! Isso é que não!Vai trabalhar, calão! É vaidosa e caprichosaAcha que tem sempre razão. Julga que o poder dá tudoE que o dinheiro comanda o mundo. Talvez não estejaLire la suite « (In)Gratidão »

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer