Dia da Criança

Depus a máscara e vi-me ao espelho.Era a criança de há quantos anos.Não tinha mudado nada…É essa a vantagem de saber tirar a máscara.É-se sempre a criança,O passado que foiA criança.Depus a máscara, e tornei a pô-la.Assim é melhor,Assim sem a máscara.E volto à personalidade como a um términus de linha. Álvaro de Campos –Lire la suite « Dia da Criança »

Três dias sem notícias do resto do mundo

Na sexta-feira de manhã o meu telefone, smart só quando quer, amuou. Simplesmente, deixou de dar sinais de vida. Tentei tudo: ligar, carregar a bateria, tirar a carta SIM e voltar a colocá-la, soprar para eliminar o pó. Nada! Decidi não dar muita importância ao assunto. Quando chegasse a casa, voltaria a empenhar-me. Estava quaseLire la suite « Três dias sem notícias do resto do mundo »

Abençoada família esta onde nasci!

Deveria terminar um trabalho escrito, mas não tenho vontade… O meu amigo Fernando enviou-me um link para um exclente albúm e eu já estou noutra dimensão! Bem longe…!Voltei a ter 13 ou 14 anos. Revejo-me sentada na salinha cor de rosa preparada para ficar horas a fio a ouvir música e a escrever para aliviarLire la suite « Abençoada família esta onde nasci! »

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer