As voltas da vida

É cão, é gato, é pulga e comichãoÉ uma casa de loucos onde reina a confusãoÉ fora, é dentro, é sempre a andarÉ amor, é alegria, é crescer e partilhar Vida emocionante e repleta de aventuras É a desta criança sempre a fazer travessuras É calor, é sol, é praia e muitos geladosÉ a chuvaLire la suite « As voltas da vida »

Nervos à flor da pele

Pandemia, paramédicos, paranóia,Febre, tosse, exaustão.Falta o ar, faltam testes, falta tudo.Dúvidas… muita imaginação. Clausura, solidariedade, (des)união.Rebanho sem pastor,Nenhum país tem a solução. E quando ninguém se entendeO divino sobrepõe-se à razão. Ricos, pobres, louros, morenosGordos, magros, solteiros, casados.Do Sul, do Norte, de todo o lado! Crianças, jovens e velhos.Contam-se os vivos,Enterram-se os mortos.E cada qualLire la suite « Nervos à flor da pele »

De geração em geração

Enquanto o menino olha pela janela e sonha em ser ave, flor ou raposa a professora ordena:– João, faz a lição!Ele regressa ao i esguio e arrebitado, desejando estar lá fora, do outro lado.O João cresceu e cortaram-lhe as asas. Esmoreceu.Em família de doutores e engenheiros ser amigo de bicho está fora de questão!Casou, teveLire la suite « De geração em geração »

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer