Manto branco

Um fino véu branco cobriu o mundoEnquanto dormiamos um sono profundoRuas, vilas, prédios, objetos, casasPlanícies, montanhas, rios, estradasTodas as outras cores são uma ilusãoExistem apenas na nossa imaginaçãoBranca é a vida e a esperançaDe branca se veste a confiançaNum planeta mais humanoOnde o divino beija o profanoBrancas são também as questõesFruto das nossas constantes reflexõesELire la suite « Manto branco »

Paris, mon amour

Cidade luz, capital do amor e do sublimeNem sei por onde começar porque não quero que termineFoste casa, brindaste-me com amigosAh e viste nascer os meus filhos!Sempre que penso em ti fico desamparadaEste namoro dura há anos e eu sem ti sou quase nada. Filipa Moreira da Cruz Photos : Filipa Moreira da Cruz

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer