A minha casa é uma prisão

A minha casa é uma prisãoBonita, sofisticada, ordenada.Com toalhas de linho, loiça de porcelana e copos de cristal.Com gente elegante e educada.– As crianças? Não as ouço…– Não se preocupe, não há alvoroço. A minha casa é uma prisãoNumas águas furtadas com uma vista deslumbrante E um gato sempre a brincar.16 metros quadrados para dormir,Lire la suite « A minha casa é uma prisão »

Nervos à flor da pele

Pandemia, paramédicos, paranóia,Febre, tosse, exaustão.Falta o ar, faltam testes, falta tudo.Dúvidas… muita imaginação. Clausura, solidariedade, (des)união.Rebanho sem pastor,Nenhum país tem a solução. E quando ninguém se entendeO divino sobrepõe-se à razão. Ricos, pobres, louros, morenosGordos, magros, solteiros, casados.Do Sul, do Norte, de todo o lado! Crianças, jovens e velhos.Contam-se os vivos,Enterram-se os mortos.E cada qualLire la suite « Nervos à flor da pele »

Voltar a aprender

O mundo está doente, a sociedade cheira a podre e os que por aqui andamos estamos meio (ou totalmente) perdidos. Chocam-me os atentados terroristas, os atos homofóbicos, xenófobos e racistas, o vandalismo e a destruição do património. A estupidez humana não tem limites. Mas acima de tudo, choca-me o que se faz contra o serLire la suite « Voltar a aprender »

Novo mundo

Bem-vindo à “nova normalidade”! Quer ir dar um mergulho no mar? Não há problema! Basta tirar a senha e esperar pela sua vez! Se preferir, fazer um piquenique no parque ou no jardim do bairro, não há nada mais simples! Coma, beba, converse e vigie as crianças de pé porque os bancos são apenas decorativosLire la suite « Novo mundo »

Todos em casa

Saí de Portugal há 20 anos e já vivi em vários países europeus. Desde 2018 a minha casa é Saint-Malo, em França. Estar longe da família e comunicar através de Skype, Whatsapp e Facetime faz parte do meu quotidiano. Bendita era digital! É o preço a pagar por ter escolhido viver no estrangeiro. Somos quatroLire la suite « Todos em casa »

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer