A morte pode esperar

A vida não corre, voaE matamos o tempo à toaConversa fiadaGentinha abusadaPensamentos mesquinhosSentimentos reprimidosPara quê?O coração sente, mas não vêE pouco adianta sonharSe nunca vamos acreditarQue melhor é possívelCada dia é imprevisível Não basta quererTemos que fazer acontecerViver é aqui e agoraPara a morte não há hora. Filipa Moreira da Cruz Photos : Filipa MoreiraLire la suite « A morte pode esperar »

Ser criança

Quero ser outra vez criança!Rebolar na relva e esfarrapar as calçasComer diretamente do pote e besuntar a bocaAcreditar nas fadas e nos duendesTer um amigo especial, invisível e mágicoPara proteger-me dos monstros que me atormentam Quero ser outra vez criança!Fazer trinta por uma linha e pintar a manta todaDesenhar um arco-íris do tamanho do mundoAbraçarLire la suite « Ser criança »

RISO

Macron decretou o prolongamento da quarentena até 11 de Maio. Anunciou que serão realizados testes à população mais exposta, assim como às pessoas que apresentem sintomas (até que enfim!). Haverá novas ajudas financeiras para as famílias mais vulneráveis e o regresso à « normalidade » será progressivo e organizado por fases; não sairemos todos de casa aoLire la suite « RISO »

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer