Triste fim de vida

Dedico este texto aos idosos, às pessoa de idade, aos velhotes, aos velhinhos. Deixemo-nos de eufemismos e chamemos-lhes simplesmente… velhos! Cada um deve assumir a sua idade sem medo nem pudor. Mais difícil que envelhecer é aceitar que o corpo muda e a cabeça também, embora a ritmos diferentes. O tempo, às vezes, pode serLire la suite « Triste fim de vida »

No feminino

Criança, menina, garota,Jovem, moça ou já mulher. Roliça, esguia, pequenina, franzina,Delgada, alta ou o que se quiser. Aventureira, casadoira, conservadora ou ousada.Solitária ou sempre bem acompanhada. Sou o que decido e escolho o que quero ser!Não importa o que fiz nem o que tenho. Assumo-me como uma mulher inteira.Abraço o presente sem me esquecer deLire la suite « No feminino »

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer