Brisa primaveril

Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido. Fernando Pessoa É um amigo que me chamaQue me assobia de vez em quandoInvisível e imperturbávelDança por todos os sítios por onde andoTraz um cheiro a naturezaEnvolve-me nos dias de PrimaveraÉ uma alegria, uma surpresaSão os pássarosLire la suite « Brisa primaveril »

Créez votre site Web avec WordPress.com
Commencer